Notícias

(Última atualização: 31/08/2020 - 10:38)
26/08/2020

Websérie Desafios do novo Normal - Reabertura e flexibilização das políticas de combate à pandemia

A FGV EBAPE em parceria com a Universidade de Oxford e a Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um estudo congregando diferentes fontes de informações relativas ao Covid-19. Com base no estudo, e para detalhar as consequências da pandemia e o comportamento individual, a FGV EBAPE realizou levantamento amostral, no mês de maio, com 1600 respondentes de 8 capitais brasileiras, no qual mostra que existem pontos a serem ajustados para que a reabertura das atividades econômicas possa continuar de forma consistente e segura.

De acordo com o professor da FGV EBAPE Rafael Goldszmidt, o levantamento aponta que apenas 20% dos respondentes, que apresentaram os sintomas do Covid-19, declararam terem ficado em casa, enquanto que 95% dos respondentes disseram, equivocadamente, que bastava minimizar as saídas para as atividades essenciais. Na visão do professor, a ausência de isolamento dos indivíduos potencialmente contagiosos, falta de distanciamento físico, nos locais de trabalho, limitação das testagens, dentre outros pontos, requerem atenção durante o processo de reabertura.

Para saber mais, assista ao vídeo

 

 

 

 

 

 

Galeria: