Universidades avaliam novo formato de ingresso

Prova Paraná Mais passa a ser aceita como forma de ingresso de alunos da rede pública de ensino nas universidades estaduais

imagem

No último mês, o Governo do Estado do Paraná determinou por meio de um decreto que a Prova Paraná Mais passe a ser aceita como meio de ingresso dos alunos da rede pública de ensino às sete universidades estaduais. O formato vem sendo discutido por representantes das instituições de ensino, da Secretaria de Educação e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Segundo Tássia Cruz, economista da educação e professora da FGV EBAPE, oferecer diferentes formas de ingresso ao ensino superior pode ajudar a reduzir a ansiedade e a angústia dos estudantes que aguardam uma aprovação para entrar em um curso de graduação, tirando o peso de uma prova única.

Ainda que a Prova Paraná já seja aplicada há vários anos para alunos do ensino fundamental e médio das escolas públicas como forma de avaliar a qualidade do ensino e da aprendizagem dos estudantes, Tássia Cruz ressalta que é necessário fazer uma reformulação para atender essa nova demanda.

"A prova avaliativa tem um caráter diferente de uma que vai ser utilizada para selecionar os estudantes que vão entrar no ensino superior", explica. “Não é só acrescentar outras disciplinas, mas o formato da prova precisa ser diferente, ela precisa ser capaz de discriminar, no sentido de selecionar, de diferenciar, quais são as habilidades que se espera de um aluno para entrar no ensino superior”, finaliza Tássia Cruz.

A A A
High contrast