Notícias

(Última atualização: 17/01/2020 - 11:52)
17/01/2020

Piloto da formação PATE chega ao fim e impacta a lucratividade dos negócios dos microempreendedores na Zona Oeste do Rio de Janeiro

Em 2019, durante o seu Pós-doutorado na FGV EBAPE, a Dra. Anna-Katharina Lenz, (hoje RMIT University Melbourne) e a consultora Juliana Setubal, criaram um programa de aprendizagem técnico (PATE) para microempreendedores individuais. O curso visa fortalecer o empreendedorismo via um treinamento intensivo em técnicas de gestão de 40 horas.

O programa se diferencia de outros no mercado porque estabelece uma linguagem mais próxima do público alvo, considerando a utilização de ferramentas adaptadas de forma dinâmica, lúdica e experimental, com atividades práticas que reforçam o ganho do aprendizado.

O PATE visa treinar empreendedores já atuantes na sua gestão de negócio, com negócios estabelecidos em regiões de periferia e/ou comunidades. A formação acontece em 14 encontros de 3 horas cada, divididos em doze temas, sendo eles: Legalização do Negócio, Visão de Mercado, Planejamento Estratégico, Mídias Digitais: Comunicação e Divulgação, Relacionamento com Cliente, Negociação e Técnicas de Vendas, Formação de Preços, Controle Financeiro, Liderança e Gestão de Pessoas, Sustentabilidade, Inovação e Gestão da Produção.

O piloto do PATE foi realizado pela consultora Juliana Setubal agora no segundo semestre de 2019 com empreendedores de Rio das Pedras, zona oeste do Rio de Janeiro. O curso teve um grande impacto para os participantes, que relataram obter melhores resultados diretamente ligados a lucratividade dos negócios geridos por eles. Como a empreendedora Rosana Santiago anota: “O programa foi uma explosão de conhecimento, que trouxe uma evolução para a minha marca Gata Garota!  Cada aula vivemos momentos únicos e incríveis com cada conhecimento aplicado. Fico viajando e imaginando como seria se tivesse esse conhecimento antes. Hoje vejo os obstáculos como oportunidades para conquistar a confiança do meu cliente e fazer do meu negócio uma marca de sucesso. O programa tem me ensinado a superar meus medos, ultrapassar meus limites e ser uma empreendedora melhor!”

O PATE faz parte de um sistema modular de treinamento para o empreendedor que a Prof. Anna-Katharina Lenz está conceitualizando: “No mercado brasileiro hoje, existem vários cursos para o empreendedor, e a maioria mistura aspetos técnicos e comportamentais sem ser baseadas em avaliações de impacto mais rigorosas. Mesmo que isso não seja ruim por si só, acreditamos que este formato não ajuda no avanço teórico sobre a pergunta qual tipo de conhecimento em qual momento da vida empreendedora gera o maior impacto para qual tipo de empreendedor.”

Isso é importante porque nem todos empreendedores tem interesse ou veem a necessidade de aprimorar o seu conhecimento técnico. Ao contrário, em uma survey da a Prof. Anna-Katharina Lenz com empreendedores na zona oeste o aprendizado mais desejado foi na área de desenvolvimento pessoal para aprender como lidar melhor com clientes, estresse e os diferentes desafios do dia-a-dia.

O próximo passo será o desenvolvimento e teste de um curso comportamental para empreendedores. Em seguida os pesquisadores visam avaliar o curso técnico e o curso comportamental através de um experimento de campo randomizado na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Galeria: