Notícias

30/04/2020

O governo que não precisa de oposição

Em análise às últimas ações do governo, a professora e pesquisadora da FGV EBAPE, Alketa Peci, avalia que o presidente Jair Bolsonaro agiu como oposição a seu próprio governo tomando ações contrárias ao que seria  estratégico na gestão de crise, ou seja, liderança unificada e coordenação. Isto fica evidente na falta de liderança e integração com a equipe montada por ele mesmo.

Além disso, com suas ações, e ao ignorar às evidências científicas sobre a pandemia, o presidente anulou a vantagem que o Brasil tinha na gestão da crise do COVID-19, se comparado com outros países.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Galeria: 

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.