Notícias

06/01/2021

Forbes destaca artigo do professor da FGV EBAPE, Lars Norden, e pesquisadores internacionais, que aponta que não há empatia dos bancos americanos com seus clientes especiais na crise do Covid-19

Instituições bancárias nos Estados Unidos mostram-se pouco amigáveis na relação com seus clientes especiais durante a crise do Covid-19, evidencia estudo produzido pelos pesquisadores Lars Norden da FGV EBAPE; Allen Berger da University of South Carolina, Gregory Udel da Indiana University; Christa Bouwan da Texas A&M University; Raluca Roman da Federal Reserve Bank of Philadelphia; e Teng Wang da Federal Reserve Board of Governors.

A pesquisa, que ganhou destaque em matéria da revista Forbes, ressalta que as instituições bancárias não têm a preocupação de oferecer linhas de crédito e empréstimos para seus clientes especiais em momentos de crises, como a do COVID-19, para ajudá-los a obter um fôlego financeiro diante do cenário imposto pela pandemia.

De acordo com a reportagem da Forbes, era esperado, no mínimo, que os bancos americanos retribuíssem o apoio que receberam, durante a crise financeira de 2008, do governo dos Estados Unidos que ofereceu US$ 700 bilhões para os bancos não falirem.

Para ler a matéria da Forbes:
How Banks Shunned Their Special Customers During The COVID-19 Crisis (forbes.com)

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Galeria: 

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.