Notícias

(Última atualização: 12/03/2018 - 15:22)
09/03/2018

Iniciativa portuguesa busca novas soluções para melhoria dos serviços públicos

A convite da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa do governo português, Maria Manuel de Lemos Leitão Marques, a professora da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE), Alketa Peci, e a professora da USP, Paula Andrea Forgioni, visitaram o Laboratório de Experimentação da Administração Pública (LABX). Esta nova iniciativa busca experimentar novas soluções para melhorar os serviços públicos e o dia-a-dia dos cidadãos e das empresas.

O LABX trabalha em conjunto com os usuários e funcionários dos serviços, dirigentes da administração pública e com a comunidade científica e empresarial, articulando uma rede de colaboração em prol de inovação na administração pública. Com uma equipe enxuta e interdisciplinar, formada por engenheiros, sociólogos e designers o laboratório é norteado por três pilares de atuação: pesquisar – para levantar e conhecer dados dos usuários, suas experiências de utilização e o funcionamento dos serviços públicos; conceber – para idealizar soluções que melhorem a relação dos usuários com os serviços públicos e aumentem a sua eficiência; e, experimentar - para ensaiar novas soluções para os serviços públicos, de modo ágil e iterativo, em ambiente controlado.

Portugal vem avançando a grandes passos nos processos de governo digital, simplificação e modernização administrativa, buscando a melhoria de serviços prestados ao cidadão. Hoje o país é referência mundial em iniciativas como as Lojas do Cidadão (experiência, como sempre enfatiza a Ministra, trazida do Brasil), o Simplex+ entre outras. Acima de tudo, a experiência portuguesa indica que a modernização administrativa não necessita e nem resulta de transformações legais e documentos de reforma impostos de cima para baixo e nem sempre demanda volumosos recursos humanos ou financeiros”, destaca a professora Alketa Peci.

Segundo ela, a modernização é um processo constante e gradual, construída a partir de uma liderança positiva que catalisa a colaboração, de um esforço sistemático e constante em torno de compartilhamento de valores comuns e do recurso eficaz a redes colaborativas de instituições e pessoas que se mobilizam em torno de objetivos mais ambiciosos.

Galeria: