Notícias

(Última atualização: 14/05/2018 - 14:52)
17/04/2018

Evento discute a formação de professores na educação infantil

O Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais - CEIPE, com o apoio da Fundação Itaú Social e da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal,  tem o prazer de convidar para o seminário “A Formação de Professores na Educação Infantil”. O seminário abordará os elementos necessários para a implementação de uma educação infantil de qualidade, à luz dos direitos de aprendizagem estabelecidos na Base Nacional Comum Curricular, bem como os componentes de uma formação docente efetiva nesse contexto. 

No primeiro painel do seminário, serão abordadas formas de como garantir os direitos de aprendizagem da Educação Infantil previstos na BNCC nas creches e pré-escolas, com a presença confirmada das Professoras Monica Samia (Avante) e Audaci de Lima Silva, de Camaragibe (PE). Já no segundo painel, a Claudia Costin, diretora do CEIPE; Claudia Lagos, Professora da Universidad Diego Portales; e Marisa Ferreira, Professora do Instituto Vera Cruz discutirão os elementos de uma formação de professores efetiva na educação infantil. 

Finalmente, a Professora Linda Darling-Hammond, da Universidade de Stanford, na Califórnia, fará a palestra de fechamento do seminário sobre o tema “A formação de professores e a transição da educação infantil para o ensino fundamental”. Aproveitaremos a oportunidade para lançarmos a parceria entre o CEIPE e o Learning Policy Institute (LPI), presidido pela Professora Linda Darling-Hammond, começando pela divulgação de quatro policy briefs do LPI que foram traduzidos e contextualizados para a realidade brasileira.

Acesse os Políticas Públicas em Ação, fruto da parceria entre o CEIPE e o LPI, aqui:

Data do evento: quarta-feira, 09 de maio de 2018
Local: Centro Cultural da FGV, Praia de Botafogo, 186
INSCREVA-SE 

Programação

13h - Credenciamento

14h - Abertura

14h10 - Como garantir os direitos de aprendizagem da Educação Infantil previstos na BNCC nas creches e pré-escolas?
 
Carolina Velho - Coordenadora Geral de Educação Infantil
Maria Malta Campos - Fundação Carlos Chagas.  
Monica Samia - Avante Educação. 
Audaci Maria de Lima Silva, professora da creche Escola Municipal Quinze de Novembro, em Camaragibe (PE). 
 
15h - Como formar o professor de modo a garantir os direitos de aprendizagem previstos na BNCC para a Educação Infantil?
 
Claudia Costin - Diretora do CEIPE
Marisa Ferreira - Instituto Superior de Educação Vera Cruz
Claudia Lagos - Faculdade de Educação da Universidade Diego Portales
 
15h50 - Coffee break
 
16h10 - Perguntas e Respostas com os panelistas das duas mesas
 
17h - A formação de professores e a transição da educação infantil para o ensino fundamental
 
Linda Darling-Hamond - Faculdade de Educação de Stanford, na Califórnia. 
 
18h - Lançamento da Parceria entre CEIPE e LPI
 
18h30 - Encerramento 
 
Biografia dos palestrantes 
 

Audaci Maria de Lima Silva possui graduação em Pedagogia pela UPE/MATA NORTE e especialista em Docência no Ensino Superior pela Faculdade Joaquim Nabuco. Possui 20 anos de experiência no Magistério e, atualmente é professora concursada nos municípios pernambucanos de Camaragibe e Recife. Em Camaragibe é professora da Educação Infantil há 9 anos e no Recife é professora de Tecnologia há 6 anos. Em 2015, Audaci foi vencedora do Prêmio Educador Nota 10 – categoria Educação Infantil por ter desenvolvido o Projeto Eu sou Meu Desenho com 20 crianças na faixa etária de 3 anos na Escola Municipal XV de Novembro, rede municipal de Camaragibe. Em 2017, foi destaque estadual nos anos iniciais do Prêmio Professores do Brasil por ter desenvolvido o Projeto #NA TELINHA com alunos da rede municipal do Recife.

Claudia Costin é professora visitante na Faculdade de Educação de Harvard e Diretora Geral do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro. Foi até recentemente Diretora Global de Educação do Banco Mundial. Antes disso, Claudia Costin foi Secretária Municipal de Educação no Rio de Janeiro, de janeiro de 2009 a maio de 2014. Sob sua liderança, a aprendizagem medida pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) dos anos finais, aumentou 22%. Claudia foi vice-presidente da Fundação Victor Civita, dedicada a melhorar o desempenho da Educação Pública no Brasil. Acreditando no poder transformador da Educação, ajudou a criar o movimento da sociedade civil Todos pela Educação, onde também atuou como membro do Comitê Técnico. Claudia é Mestre em Economia pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, onde também cursou o doutorado em Administração. 

Claudia Lagos Serrano é pedagoga de educação infantil graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Chile, especialista em desenvolvimento cognitivo e avaliação. Mestre em Educação, atualmente está concluindo sua tese de doutorado no Instituto de Educação da Universidade ORT, em Montevidéu. Há mais de 20 anos, Claudia se dedica à formação inicial e continuada de professores. Atualmente, é pesquisadora na Faculdade de Educação da Universidade Diego Portales, em Santiago. 

Linda Darling-Hammond é Professora Emérita Charles E. Ducommun de Educação da Universidade de Stanford e Presidente do Learning Policy Institute, na Califórnia. Darling-Hammond conduziu extensa pesquisa relacionada à formação de professores, oferta, demanda e qualidade docente. Entre suas publicações premiadas nessa área estão What Matters Most: Teaching for America’s Future; Teaching as the Learning Profession; and Preparing Teachers for a Changing World: What Teachers Should Learn and be Able to Do. Foi diretora executiva da Comissão Nacional de Ensino e Futuro dos Estados Unidos e diretora do programa de educação da RAND Corporation. Darling-Hammond começou sua carreira como professora de escola pública nos Estados Unidos.

Marisa Vasconcelos Ferreira possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará, mestrado em Psicologia pela Universidade de São Paulo e doutorado em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2008). Docente no curso de Especialização em "Gestão Pedagógica e Formação na Educação Infantil" e na Graduação em "Pedagogia", no Instituto Vera Cruz. Atualmente, é coordenadora do Núcleo de Pesquisas em Educação Infantil na mesma instituição, desenvolvendo estudo sobre as vivências das crianças na Educação Infantil, a partir dos campos de experiências. Além disso, atua na formação de professores e gestores de redes públicas e privadas, bem como no planejamento e desenvolvimento de projetos e materiais de formação docente. Compõe o grupo de autoras dos livros "Os fazeres na Educação Infantil" (2000) e "O trabalho do professor na Educação Infantil" (2012). Participou do grupo de consultoria técnica, composto pelo MEC e UNESCO, elaborando documento técnico de subsídio à implementação da BNCC-Ed. Infantil, abordando as experiências de aprendizagens que envolvem interações das crianças com recursos tecnológicos e mídias digitais. 

Mônica Samia é pedagoga, doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia/UFBA. Depois de uma década atuando como professora e coordenadora pedagógica, iniciou sua jornada como formadora, em 1999, na Avante Educação e Mobilização Social – ONG, instituição onde é consultora associada da Linha de Formação de Educadores e Tecnologias Educacionais. Coordenou o Programa Paralapracá, desde sua concepção e implementação, em 10 municípios no Nordeste, impactando mais de 2000 profissionais e 50 mil crianças. Além disso, foi coordenadora do Programa Nossa Rede Educação Infantil, por meio da parceria técnica com a Secretaria Municipal de Educação de Salvador. Monica também foi consultora do MEC e Unicef/Unesco nos programas Proinfantil, Família Brasileira Fortalecida  e nas pesquisas Redes de Aprendizagem e Caminhos do Direito de Aprender, e integrou a equipe de consultoras que elaborou material formativo sobre a BNCC.

 

Galeria: