Notícias

(Última atualização: 03/10/2017 - 12:11)
28/09/2017

A edição 3 do Cadernos EBAPE.BR está disponível para acesso

 
Editado pela FGV EBAPE, a edição 3 de 2017 do periódico Cadernos EBAPE.BR já está disponível para acesso. A revista tem como um de seus objetivos a publicação de pesquisas consistentes em Administração – com metodologia criteriosa e conclusões claras e fundamentadas. Na publicação, são divulgados estudos pertencentes a diversos paradigmas teóricos, promovendo o debate entre diferentes correntes de pensamento.
 
Nesta edição, que é apresentada com 10 artigos, a maior parte dos estudos trata do aprimoramento da pesquisa em Administração sobre temas ligados à sustentabilidade e aos Estudos Organizacionais em geral. Os manuscritos propõem a definição de conceitos, com maior rigor metodológico e esclarecimento de temáticas e termos específicos; além de indicar uma agenda de pesquisa com base na análise de artigos da área.
 
O trabalho “Teoria ator-rede em estudos organizacionais: análise da produção científica no Brasil” analisa a produção bibliográfica no que se refere à Teoria de Redes e propõe direções de pesquisa. Já o manuscrito “Reflexões conceituais em coprodução de políticas públicas e apontamentos para uma agenda de pesquisa” propõe a definição de termos e conceitos ligados à coprodução em políticas públicas. 
 
O artigo “Autogestão, economia solidária e organização coletivista de produção associada: em direção ao rigor conceitual” define e conceitua o tema autogestão; e os artigos “Abordagem grassroots e resistência: atualizando a concepção de desenvolvimento sustentável” e “Sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: desvendando as sobreposições e alcances de seus significados” propõem maior rigor metodológico e conceitual nas pesquisas sobre desenvolvimento sustentável e sustentabilidade em geral. 
 
Por sua vez, o artigo “Buen Vivir Andino: Resistência e/ou alternativa ao modelo hegemônico de desenvolvimento” propõe e define um conceito novo e ainda pouco utilizado em pesquisas sobre desenvolvimento econômico e políticas públicas: o bien vivir, que influencia a gestão pública em países sul-americanos; e o trabalho “Manifestações inconscientes na relação líder-liderado: contribuições da teoria psicanalítica aos estudos organizacionais” define conceitos ligados à psicanálise organizacional, também propondo aplicação conceitual e metodológica.
 
A resenha bibliográfica “Repensando os estudos organizacionais: por uma nova teoria do conhecimento” apresenta um livro de autoria da Profa. Ana Paula Paes de Paula, que discute paradigmas de pesquisa. 
 
O periódico conta ainda com três trabalhos sobre temáticas de áreas específicas do conhecimento: as autoras Clarice Secches Kogut e Denise Fleck discutem a gestão profissional comparando-a com a gestão familiar em empresas brasileiras do varejo de moda; e os artigos “Quando feds e locals não falam a mesma língua: uma análise sobre dissonâncias na cooperação federativa” e “Partnership inside Governance Spaces: the case of the Municipal Development Forum of Igarapé-Açú, Pará, Amazonia” exemplificam estudos que reúnem conceitos ligados às políticas públicas e à sustentabilidade.
 
Para conferir a edição completa, CLIQUE AQUI.

Galeria: