Notícias

(Última atualização: 22/01/2018 - 09:38)
19/01/2018

Cientista político comenta sobre regra de ouro e teto de gastos

A tentativa do governo de tentar mudar a chamada “regra de ouro” causou forte reação no Congresso Nacional e em alguns segmentos da sociedade, em especial entre os economistas. A forte reação provocou a desistência do governo, mas especialistas garantem que será impossível cumpri-la em 2019 da forma como ela é definida hoje. Isso implicaria em nova tentativa de mudança nessa regra, mas pelo novo governo. É possível prever a reação da opinião pública? Para o cientista político e professor da FGV EBAPE, Carlos Pereira, essa é uma questão complexa e difícil de responder. 

“Essa sensação de risco de não cumprimento do teto de gastos é boa, porque é um sinal de que ele está funcionando; o teto foi feito mesmo para amarrar as mãos e ser um mecanismo de constrangimento das despesas”, destaca o professor, em entrevista para o Broadcast do Estadão. 

Para ler a matéria completa, ACESSE AQUI.

Galeria: